Media
As práticas de mídia da Value Partners são vigorosas devido às habilidades adquiridas ao longo de 15 anos de experiência em mais de 40 países.
Trabalhamos em todas as áreas do mercado digital, com foco em broadcasting público e comercial, TV por assinatura, indústria editorial, novas mídias e conteúdos digitais, esporte e betting & gaming.
Temos trabalhado há anos o tema da convergência e prestamos assistência aos nossos clientes do setor empenhados em maximizar o impacto e o retorno decorrente da mídia digital.
Realizamos também uma plataforma de mídia digital para uma das principais emissoras; desenvolvemos uma estratégia de serviços convergentes para um grande operador de telecomunicações e prestamos assistência à maior federação esportiva da Europa na venda de direitos em dispositivo móvel. Oferecemos também consultoria em M & A, questões regulatórias e nas áreas que envolvem o aperfeiçoamento operacional.

As práticas de mídia da Value Partners são vigorosas devido às habilidades adquiridas ao longo de 15 anos de experiência em mais de 40 países. Trabalhamos em todos os segmentos do setor: indústria editorial, broadcasting público e comercial, Pay-TV, novas mídias e conteúdos digitais, esporte e betting & gaming.
Em particular, nos últimos anos:

  • Oferecemos assistência a uma importante emissora no desenvolvimento de uma plataforma de mídia digital;
  • Trabalhamos com diferentes operadores Telco para definir um roteiro de serviços convergentes (fixo + telefonia móvel + conteúdos);
  • Oferecemos assistência a várias Autoridades Reguladoras do Mercado na implementação de seu quadro regulatório das ofertas de mídia e OTT;
  • Oferecemos assistência a grupos profissionais, federações esportivas e empresas especializadas em gestão de direitos de mídia, no desenvolvimento de novos produtos e na valorização de canais digitais.

INDÚSTRIA EDITORIAL
A indústria editorial está enfrentando mudanças tecnológicas impelentes que minam os modelos tradicionais de atuação:

  • Por um lado, os leitores passam a usar ferramentas digitais, dificultando os fluxos de receitas que sustentaram o setor até pouco tempo atrás (publicidade, venda de produtos impressos e de coleção) e impondo uma reelaboração radical dos processos e custos;
  • Por outro lado, é necessário inovar a oferta de conteúdo, para enfrentar a concorrência de novos atores provenientes do mundo web e das redes sociais, defender o portfólio de clientes / leitores e identificar novas áreas de crescimento.

A Value Partners oferece assistência aos profissionais do setor editorial, tanto no realinhamento das estruturas e dos processos, bem como na avaliação das oportunidades de desenvolvimento, com particular referência às publicações em dispositivo móvel, on-line communities, user-generated contents, integração entre conteúdo editorial e serviços interativos.

NEW MEDIA AND DIGITAL CONTENT
A propagação de smartphones e o uso cada vez mais intenso da Web criou um enorme interesse pela “new media” e por conteúdo digital de modo geral.

O entusiasmo, no entanto, nem sempre se traduz em oportunidades reais de negócios e mesmo quando o potencial de novas ideias é interessante para o mercado, é necessário encontrar a fórmula correta para explorá-lo: conteúdo, modelos de oferta, processos operacionais, habilidades, investimentos e prazos.

A Value Partners ajuda seus clientes (empresas consolidadas que querem se fortalecer nos mercados digitais, ou startups com ideias inovadoras de oferta) a transformar suas ideias em projetos práticos e orienta a sua implementação. Em relação a tais temas, prestamos serviços a provedores de conteúdo, ao mercado editorial e a emissoras na Europa, Ásia e América Latina.

BROADCASTING PÚBLICO E COMERCIAL
A cadeia de valor do setor de radiodifusão, da produção à edição, do play-out ao armazenamento de dados, da transmissão à recepção, está rapidamente se deslocando do analógico para o digital. Essa transformação faz com que seja possível simplificar bastante a criação, a manipulação e a distribuição de meios de transmissão, tornando possíveis novos tipos de serviços: programação interativa, publicidade interativa, EPG, TV de alta definição e 3D. São essas as mudanças que estimulam a inovação de mercados específicos, como TV por assinatura e FTA.

As emissoras que apostam no digital devem, necessariamente, reelaborar seu modelo de atuação, investir em novas tecnologias e adaptar sua abordagem para chegar até os consumidores. Na cadeia de valor, o poder de escolha está cada vez mais próximo dos consumidores que passam a escolher o que consumir na mídia, graças à TV e rádio não lineares (time-shifting) e à portabilidade de conteúdos que lhes permitem assistir ou ouvir o que desejam, quando, onde e como preferirem.

A Value Partners ajuda seus clientes a ir ao encontro de tais mudanças, para que possam maximizar o valor de seus recursos, implementar acordos e parcerias com agentes tecnológicos e enfrentar a transição para novos canais de distribuição e novos formatos.

Entre nossos clientes temos as maiores emissoras de televisão e rádio, operadores de redes e plataformas, governos e entes reguladores.

ESPORTES
Muitos eventos esportivos são considerados conteúdo premium, sendo frequentemente determinantes para o sucesso comercial de ofertas de mídia. Os proprietários de direitos buscam maximizar o valor de seus recursos, vendendo-os aos melhores oferentes, criando novos eventos, diferenciando formatos, bem como desenvolvendo canais dedicados na TV e na web. Por outro lado, aqueles que compram direitos devem avaliar o mercado e os concorrentes para determinar o valor real do conteúdo e as tarifas mais elevadas.

A Value Partners tem uma longa história de sucesso em consultoria esportiva. No futebol, prestamos serviços para federações nacionais, ligas e times europeus, bem como para outros esportes como tênis, motociclismo e corrida. Apoiamos também as empresas de radiodifusão, empresas de telecomunicação fixa e móvel, ISPs, fornecedores de tecnologia B2B e B2C, titulares de direitos de eventos esportivos e entes reguladores.

PAY TV
As dinâmicas do setor da televisão por assinatura transformaram-se com a introdução de novas plataformas que permitem uma crescente ubiquidade de conteúdos de vídeo. Consequentemente, os operadores de televisão por assinatura, que desde sempre apostaram sobretudo em conteúdo premium para atrair novos clientes, devem hoje justificar seu valor através de uma ampla gama de características distintivas: qualidade da imagem (HD / 3D), conteúdos exclusivos view here only e inovações na oferta de serviços (video on demand, melhoramento do EPG e dos instrumentos de navegação).

Na Value Partners ajudamos nossos clientes a se tornarem pontos de referência num ecossistema cada vez mais complexo e fragmentado. Apoiamos os clientes em suas estratégias de aquisição de direitos, mas também em iniciativas inovadoras de seleção de conteúdos e diferenciação da oferta, incluindo, por exemplo, a reelaboração das modalidades de presença nas mídias sociais e novos modelos de distribuição.

Dentre nossos clientes incluímos operadores de TV por assinatura, na Europa e na Ásia, entes reguladores e outros investidores no setor (operadores, fornecedores de tecnologia, etc.).

OUTROS ENTRETENIMENTOS (BETTING & GAMING)
O mercado global de “betting & gaming” vale atualmente cerca de US 330 bilhões, tendo tido um crescimento anual de 6% na última década; a previsão é de aumento nos próximos três anos, embora em ritmo mais lento (4%).

A América do Norte continua a ser o mercado mais importante, mas espera-se um desenvolvimento significativo na Ásia, particularmente na China, no Japão e em Hong Kong. O jogo online, articulado no betting e gaming, está crescendo a uma velocidade pelo menos quatro vezes maior do que as atividades tradicionais; hoje o setor ocupa 8% da receita total e é mais difuso nos mercados com maior liberalização, como o Reino Unido.

Com o tempo, os consumidores on-line passaram das apostas para os jogos (poker, cassino, bingo), mas estima-se que as apostas esportivas terão um impulso maior com a inovação dos produtos (ex. In-play).

A Value Partners tem uma vasta experiência no setor de prognósticos e jogos onde atua, há vários anos, focalizando novos produtos e canais. Nossos clientes são os operadores mais importantes do setor, as organizações esportivas e os entes reguladores supranacionais.

Operações e empoderamento

Melhorar a flexibilidade nos processos e no desenvolvimento de novos modelos de distribuição é essencial num mundo midiático em que a intermediação está cada vez menos presente e a fragmentação é cada vez maior e no qual o modo como os consumidores seguem e usam os conteúdos muda rapidamente, sendo os mesmos mais autônomos e interativos.

A Value Partners presta serviços para as principais emissoras, ajudando-as a adaptar e repensar o seu papel agregador e, simultaneamente, auxilia as startups a estruturar seu modelo de negócio.

Os projetos recentes incluem: revisão da estratégia para emissoras interessadas em realizar uma unidade de produção interna; consultoria para algumas emissoras no gerenciamento das relações com ISPs ligado ao uso da internet no fornecimento de serviços de VoD; desenvolvimento de um quadro para formular uma visão do mercado midiático em 2020; segmentação de usuários para permitir que o cliente possa avaliar a eficácia dos serviços oferecidos; suporte para a avaliação do orçamento em relação aos conteúdos ligados ao lançamento de serviços inovadores com o estudo de business case e avaliação do impacto financeiro.

Ambiente Regulatório

Com a fragmentação dos mercados algumas das regras existentes para proteger e orientar a concorrência podem se tornar redundantes. Ao mesmo tempo, novas regras e critérios são necessários para definir os mercados de referência. Por exemplo, a fronteira entre as telecomunicações e a mídia está se tornando cada vez mais tênue e o uso otimizado de recursos escassos (ex. frequências de rádio) acaba sendo influenciado pelas novas tecnologias.

A Value Partners prestou assistência a vários entes reguladores Telco e Media, governos e associações industriais em questões relacionadas com a liberalização do mercado e com o desenvolvimento da concorrência. Somos também chamados a dar pareceres independentes sobre litígios ligados a temas reguladores específicos e ajudamos as autoridades na concepção e gestão de consultas públicas ou de propostas para a concessão de licenças.

Alguns projetos recentes envolveram o market impact assessment (MIA) nos mercados TV, ISP e VoD, o lançamento da internet connected television; a avaliação do impacto da regulamentação dos direitos de acesso e distribuição de conteúdos premium sobre a competitividade do mercado de TV por assinatura; o desenho de todo o modelo econômico do setor de radiodifusão, com avaliação do impacto da recessão sobre a rentabilidade e sustentabilidade do setor; a avaliação técnica e econômica das características e das especificações para ofertas VoD over-the- top na TV; o suporte nas formulações de propostas para licitações destinadas à atribuição de novas frequências de rádio.

Desenvolvimento do digital

A distribuição de conteúdos em todas as plataformas é o novo imperativo estratégico, já que os leitores e os telespectadores solicitam conteúdos que possam ser acionados quando e de onde desejarem, através de uma variedade de plataformas. Com a integração da mídia digital, os conteúdos podem ser acessados a partir de desktops, PCs, celulares, music players e de outros dispositivos, para além daqueles tradicionais como jornal e televisão. E mais, a migração de receitas provenientes do setor publicitário para a mídia digital permitiu traçar um perfil cada vez mais específico do público-alvo.

A Value Partners prestou assistência a muitos operadores de mídia na concepção e desenvolvimento de estratégias digitais e na implementação das mudanças necessárias no gerenciamento. Os projetos desenvolvidos incluem: estratégia digital e estratégias de diversificação para uma emissora de televisão; formulação de uma estratégia online para uma emissora de televisão multinacional; identificação de novas oportunidades de negócios digitais para uma empresa de serviços de telecomunicação; desenvolvimento de estratégias móveis para operadores globais de mídia, incluindo modelos de aquisição e gerenciamento móvel de clientes; formulação da estratégia de switch-off analógico (ASO) para algumas emissoras comerciais; análise de custos e benefícios diante da mudança para tecnologia DAB rádio e distribuição gratuita de DAB+ radio device para promover a adoção do rádio digital.

Aumento de faturamento

A fragmentação e a desagregação dos conteúdos estão reduzindo os rendimentos tradicionais dos operadores no setor da mídia que, diante deste desafio, ficam obrigados a identificar novas fontes de receita, inovando a oferta, entrando em novos mercados e cobrando dos leitores uma tarifa para acessar os conteúdos que, no passado, eram financiados através da publicidade. Um exemplo recente é o The Independent, na Grã-Bretanha, que lançou um diário suplementar pelo preço de 20p (o The Independent custa 1 libra), com o objetivo específico de recuperar uma parte dos leitores que preferem aprofundamentos de qualidade. O The Times também cobra dos leitores o acesso ao site e algumas emissoras apostam nas oportunidades oferecidas pelos micros pagamentos, exigindo o pagamento de pequenos montantes para que acessar estreias e outros serviços premium.

A Value Partners oferece assistência aos principais operadores de mídia na identificação de novas oportunidades de receita e de mercado, valorizando os recursos tradicionais para alcançar rapidamente a sustentabilidade nos negócios. Por exemplo, cuidamos do desenvolvimento de opções para a diversificação estratégica das emissoras de TV; da estratégia de maximização da receita para um operador de MUX DTT, realizada através da análise transversal da oferta e da demanda; do suporte oferecido a um operador de mídia e telecomunicação na decisão de lançar uma oferta de TV por assinatura. E também, do desenvolvimento de orientações estratégicas que visavam aumentar a receita de uma empresa de mídia internacional e da identificação, avaliação e priorização das oportunidades de crescimento para uma empresa de mídia, identificando especialmente as opções go-to- market mais adequadas.

M & A e estratégia de integração

A busca perene de oportunidades para a diversificação das receitas continua a impulsionar a atividade de M&A no setor da mídia, apesar das dificuldades presentes em nível macroeconômico. No entanto, devido à progressiva redução dos múltiplos observados nas recentes transações, a capacidade de avaliar o potencial real de agregação de valor numa transação será fundamental para a realização de bons negócios. Na nossa opinião serão recompensadas as empresas que saberão unir os conhecimentos puramente financeiros com os princípios tradicionais da administração empresarial (estratégia, conhecimento do setor, habilidades específicas, organização, governança, gestão da sucessão administrativa, etc.) e as empresas mais focadas bem como aquelas que se dedicarão ativamente na estratégia e nas operações dos clientes de seu portfólio.

A Value Partners oferece suporte às empresas de capital privado na identificação de objetivos mais atraentes e na realização do máximo retorno sobre o investimento. Para as empresas de mídia, a Value Partners aplica o mesmo sistema de identificação dos objetivos e utiliza os mesmos conhecimentos de integração, unidos à compreensão específica do contexto midiático.

Nos últimos anos trabalhamos na análise preliminar de objetivos para uma empresa de produção televisiva que visava se expandir em novos mercados; na avaliação de um canal de televisão para uma agência de publicidade e na due diligence de multiplexes digitais, em particular, na avaliação da expectativa de evolução da demanda e da oferta. Também acompanhamos a avaliação das perspectivas de negócios, durante o refinanciamento de uma empresa de produção e distribuição televisiva; na due diligence de um online affiliate network player primário e na due diligence comercial de um recurso de rádio regional, com 4 estações FM e 2 estações AM.

Gerenciamento de direitos

Os direitos são um valor fundamental da indústria midiática. A propriedade e o controle são fundamentais, enquanto a distribuição, em escala cada vez mais ampla, é a principal oportunidade. As questões críticas para os operadores são a perda de conteúdo e a pirataria; a manutenção de um equilíbrio entre a necessidade de controle e a necessidade de uma distribuição cada vez mais capilar; a construção de modelos e ferramentas analíticas que permitam extrair o máximo valor de uma distribuição cada vez mais fragmentada. Além disso, grande parte dessa atividade deve ser levada a cabo em colaboração com o estúdio de Hollywood e com os grandes produtores. Em última análise, os provedores de conteúdo concordam que a gestão dos direitos está ligada quer à oportunidade de desenvolver novos modelos de negócios, bem como à capacidade de preservar os retornos provenientes dos negócios tradicionais.

A Value Partners trabalha com os detentores de direitos para identificar as novas oportunidades de negócios e as modalidades através das quais valorizar os direitos, protegendo-se, simultaneamente, da pirataria. Fizemos a análise do processo e da lógica de vendas, bem como dos direitos no setor do futebol; avaliação do impacto da regulamentação dos eventos de interesse público para os operadores de televisão por assinatura, emissoras FTA e titulares de direitos de eventos esportivos e estudo de viabilidade de um sistema de micro pagamento conectado a uma plataforma internet conectada à TV para um consórcio de proprietários de direitos.

Idéia e medía